loading...

EA Confirma o Brasileirão no FIFA 16, mas ao mesmo tempo estarão fora!


EA confirma os clubes brasileiros no FIFA 16, mas ao mesmo tempo você não poderá utilizar os clubes no Modo Carreira ou Ultimate Team. Apenas amistoso, entenda.

Confira a nota oficial da EA:
Hoje, anunciamos que 16 times brasileiros estarão no FIFA 16. Com nomes e escudos reais, os times são: Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Coritiba, Chapecoense, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Grêmio, Internacional, Joinville, Ponte Preta, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco da Gama. No lançamento, os 16 clubes terão seus nomes e escudos reais. Entretanto, para adicionar a aparência e os nomes reais dos jogadores, será necessária uma atualização online quando e se estiver disponível.

“Nós trabalhamos para proporcionar a melhor experiência possível para os fãs do FIFA no Brasil e ao redor do mundo com a inclusão dos times brasileiros” disse Jonathan Harris, Gerente de Negócios da EA no Brasil. “Nós sabemos que os fãs do FIFA amam jogar com jogadores e clubes brasileiros, então essa inclusão é uma ótima notícia para todos os fãs”.

Todos os times brasileiros do FIFA 16 poderão ser encontrados no menu Resto do Mundo e estarão disponíveis na maioria dos modos de jogo. No Modo Carreira, os jogadores dos clubes brasileiros estarão disponíveis no mercado de transferências, caso os fãs queiram contratá-los para a campanha. No FIFA Ultimate Team, jogadores que estão jogando atualmente nos clubes brasileiros estarão disponíveis depois que os fãs aceitarem a baixarem a atualização, quando e se estiver disponível.

Fique ligado, pois logo vamos divulgar a lista completa de ligas e clubes disponíveis no FIFA 16.
Share on Google Plus

About Tiago André

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 facebook:

Postar um comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();